Reputação como diferencial competitivo – O papel da Governança Corporativa e Compliance

By in
149

Em um cenário econômico e social em que a transparência é cada dia mais requisitada para as empresas, desde as grandes corporações até as de pequeno porte, trabalhar com os conceitos de Controle de Riscos e Ética, é fundamental. Ter práticas de Governança ajuda a empresa a comprovar seu comprometimento com a ética e, uma área de Compliance atuante resulta na prevenção de riscos e conhecimento de seu sistema de controle interno. Sendo ambas peças chave para fortalecer a imagem da empresa quanto à seriedade e compromisso na condução de seus negócios.

Risco é o efeito de incerteza inerente em cada atividade, a possibilidade de que um evento ocorra e afete de forma negativa o alcance dos objetivos.  Para evitar os riscos, fazemos uso de controles, ou seja, utilizamos procedimentos para prevenir quaisquer problemas indesejados. Ética é o fio condutor que permeia a cultura de controle.  Ser ético é básico para se ter Compliance. Ter Compliance é conhecer as normas da Cia., seguir os procedimentos recomendados, agir em conformidade e, a partir disso, sentir o quanto é fundamental a ética e idoneidade nas atitudes.

Governança Corporativa e Compliance caminham juntas, colocadas em prática as empresas conseguirão demonstrar um negócio íntegro e com reputação.

54321
(0 votes. Average 0 of 5)
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *