Gestão financeira e orçamentária empresarial: como fazer com sucesso?

By in ,
530
Gestão financeira e orçamentária empresarial: como fazer com sucesso?

Alcançar alta eficiência em todos os setores é o que faz um negócio progredir. Desse modo, é preciso tirar o máximo proveito de cada uma das áreas. Ou seja, a melhoria contínua deve estar presente em vendas, transportes, aquisição de insumos, máquinas, equipamentos etc. Nesse cenário, não é diferente com a gestão financeira e orçamentária.

Com uma administração econômica de ponta, as organizações podem prever faturamentos, despesas e espaço para investir.

Assim, é possível transformar relatórios e números desconexos em insights para a tomada de decisão. Quer saber mais? Então acompanhe nosso post!

O que é a gestão financeira e orçamentária?

A gestão financeira e orçamentária é um aglomerado de medidas em torno das finanças que envolve planos, atitudes e diagnósticos internos.

O objetivo é deixar a empresa pronta para os desafios e as oportunidades. Entre as tarefas inclusas nesse tipo de gerenciamento estão as seguintes:

  • Escolha de tecnologia para apuração, coleta e armazenamento de dados;
  • Planejamento financeiro e orçamentário;
  • Monitoramento das transações;
  • Previsões para os próximos períodos;
  • Controle do fluxo de caixa;
  • Aplicação de conhecimento técnico.

Por que é importante realizar na sua empresa?

Ter as finanças em dia permite um olhar mais profundo sobre as condições da companhia. Dessa forma, é possível fazer análises mais detalhadas a respeito da situação econômica.

Assim, o trabalho vai além de somar despesas e receitas. Afinal de contas, é um suporte para aplicar recursos de modo mais otimizado.

Portanto, essa análise leva em conta a sazonalidade de vendas e o tamanho das dívidas, por exemplo.

Na prática, o gestor recebe auxílio técnico para aplicar investimentos e cortar gastos. Embora muitos líderes usem a técnica para enfrentar crises, ela também é ótima para projetos de expansão.

Quais são as etapas da gestão financeira e orçamentária?

A boa administração das finanças e do orçamento garante a aplicação de dinheiro mais sensata. Ou seja, a estrutura, a mão de obra e os insumos recebem capital conforme a estratégia macro.

Entretanto, existem várias fases da gestão financeira e orçamentária. Observe as variáveis em cada estágio:

Planejamento

Na parte do planejamento, é preciso um olhar crítico sobre o negócio. Dessa forma, a empresa estabelece suas metas, simula os mais variados tipos de cenários e adota ações para colocar as ideias em prática.

Controle do fluxo de caixa

O controle do fluxo de caixa também faz parte da gestão financeira e orçamentária. Entretanto, não basta somar o que entra e o que sai.

Assim, os líderes devem adotar tecnologias que garantam elevada precisão de dados. Além disso, é importante um sistema com proteção dessas informações para evitar perdas e vazamentos indevidos.

Orçamento

Com o orçamento financeiro, os gestores estimam o faturamento dos próximos períodos. Assim, é simples ter uma visão sobre a viabilidade de novos investimentos.

Contudo, não basta analisar as contas passadas, embora elas sejam importantes. Nesse sentido, outros ingredientes devem fazer parte do orçamento. Observe:

Como obter uma gestão financeira e orçamentária de sucesso?

O empresário sabe que deve calcular muito bem seus gastos. Diante disso, não é novidade a importância de incluir dados como o consumo de água, aluguel, salários, insumos, entre outros.

Todavia, não é raro as organizações se perderem na hora de colocar na ponta do lápis os desembolsos com tributos.

Afinal de contas, existem impostos federais, estaduais e municipais. Além disso, esses encargos estão submetidos a leis que mudam constantemente.

Uma simples inconformidade involuntária é capaz de provocar impactos enormes para a situação econômica. Por exemplo: um cálculo equivocado de tarifas e taxas pode influenciar em erros de precificação. Assim, toda a saúde financeira fica abalada.

Mais um quesito importante é que, além de alta, a carga tributária brasileira é complexa. Desse modo, cumprir todas as exigências requer o domínio da burocracia envolvida.

Por tudo isso, um apoio especializado em consultoria financeira e impostos traz inúmeras respostas para aquelas contas que não fecham. Como resultado, é viável não somente desfazer equívocos como exponenciar os ganhos.

Portanto, a gestão financeira e orçamentária é a melhor ferramenta para definir as diretrizes econômicas, com um planejamento mais consistente.

Para isso, aqui na PGBR, revisamos os possíveis pagamentos de impostos a mais já realizados pela sua companhia, que não são incomuns. Acredite!

Além disso, damos apoio para aproveitar todos os descontos e incentivos fiscais. Ou seja, podemos trazer dinheiro novo para o caixa de modo ágil, seguro e completamente legalizado.

Quer saber mais? Então entre em contato com a PGBR!

54321
(0 votes. Average 0 of 5)
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *