Tipos de auditoria: confira 6 vertentes e como elas podem ajudar sua empresa!

By in
595
Tipos de auditoria: confira 6 vertentes e como elas podem ajudar sua empresa!

Diante dos inúmeros desafios que envolvem a administração de um negócio, recorrer aos mais diversos tipos de auditoria tem se tornado cada vez mais comum, para as empresas que desejam maior transparência. Afinal de contas, independentemente do ramo, ficar em dia com a excelência envolve cumprir muitas regulamentações: obrigações tributárias, contábeis, trabalhistas, de órgãos reguladores, acionistas e outras partes interessadas. Isso sem mencionar as tarefas peculiares a cada segmento. Nesse contexto, muitos gestores têm optado em terceirizar os controles e realizar inspeções e revisões feitas por experts em vários temas. Assim, evitam-se multas e consegue-se atingir um nível de qualidade com as melhores práticas do mercado.

Com essas inspeções, é possível assegurar a manutenção de padrão na entrega de mercadorias e serviços. Além disso, para empreendimentos que visam certificações, como as da série ISO, as auditorias são compulsórias.

Desse modo, é feito um verdadeiro pente fino — que pode ser global ou setorizado — para levar e conservar a empresa em patamares idôneos. Como consequência, o negócio se torna referência no mercado. Assim, o negócio ganha muito mais condições de competitividade. Quer saber mais? Então veja nosso post e confira como os vários tipos de auditoria podem ajudar você!

1. Auditoria de fornecedor

A auditoria de fornecedor tem como propósito analisar a qualidade de insumos adquiridos e serviços contratados. Ela se destaca entre os vários tipos de auditoria, uma vez que a matéria-prima e a prestação de serviços influenciam diretamente na apresentação dos resultados. Desse modo, a capacidade de cumprimento da lei e das cláusulas contratuais passa por um detalhado Raio-X.

Os benefícios são aumentar a confiança na relação entre contratados e contratantes. Além disso, definem-se estratégias para corrigir as desconformidades. Ou seja, a exposição a riscos é amplamente minimizada.

2. Auditoria interna

Quando falamos das mais variadas vertentes de tipos de auditoria, a auditoria interna não pode ser deixada de lado. Afinal, ela é muito comum e é realizada por Auditores Independentes contratados pela empresa, que se subordinam a Alta Administração, mas, mantém olha independente, que é regra intransponível ao código de ética da profissão. O Departamento de Auditoria Interna também pode ser terceirizado, mantendo a mesma qualidade e integridade. Nessa análise, são conferidos processos internos, a eficiência dos controles internos, das rotinas diárias e da gestão administrativa, entre outros tópicos. Sua principal vantagem é aprimorar as operações a ponto de assegurar mercadorias ou atendimentos de ponta.

3. Auditoria externa ou independente

A auditoria independente, também conhecida como auditoria externa, é posta em prática de modo terceirizado por empresas competentes e registradas na CVM – Comissão de Valores Mobiliários. Podem ser realizadas neste formato, as Auditorias de Demonstrações Contábeis, que falaremos em seguida, mas, também de qualquer conta contábil individualmente, de todos os processos ou alguma investigação que se necessite realizar. Assim, auditores, advogados e especialistas sem vínculo com a organização dão prosseguimento à checagem.

Em relação aos propósitos, ela é semelhante à auditoria interna, mas não se atem principalmente aos controles internos, mas, nas informações contábeis e divulgadas em Demonstrações Financeiras. Entre os tipos de auditoria, a auditoria independente oferece grande credibilidade, pois atesta ao mercado sobre a adequação dos procedimentos e informações da empresa.

4. Auditoria de certificação

A auditoria de certificação é mais uma entre os vários tipos de auditoria que ajudam a obter credibilidade. Isso porque esse modelo também é posto em prática por empresas de consultoria independentes. Contudo, para realizar a auditoria de certificação, as empresas que realizam esses exames precisam ser autorizadas por órgãos reguladores como o Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia).

Desse modo, os auditores monitoram o negócio de ponta a ponta para obter a certificação do sistema de gestão. Embora seja opcional, a auditoria de certificação é muito eficiente para ampliar a participação de mercado e conseguir mais consumidores. Veja a seguir alguns dos itens que são vistoriados:

  • Falhas nas operações;
  • Identificação das causas dos erros;
  • Apontamento de soluções mais econômicas;
  • Uso mais inteligente e potencializado dos recursos (combate ao desperdício);
  • Eficácia dos sistemas de controle.

5. Auditoria de gestão da qualidade

Outra opção entre os tipos de auditoria é a auditoria de gestão da qualidade, que é mais focada nos processos produtivos. Essa modalidade de peritagem também é tocada por agentes externos. Dessa maneira, essa vertente supervisiona a eficiência do sistema por meio do rastreamento de desvios e imperfeições.

Assim, um exemplo prático dentro desse modelo é a Auditoria de Verificação do Cumprimento dos Indicadores de Qualidade de Serviços (IQS) Aeroportuários. Nesse caso, a checagem é obrigatória, uma vez que é exigida pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). Por isso, a cada três meses, as concessionárias aeroportuárias precisam submeter suas operações à auditoria de gestão da qualidade. Nesse nicho, existem empresas com know how específico para o setor.

6. Auditoria de demonstrações contábeis

Já as auditorias de demonstrações contábeis reúnem abordagem tributária e de contabilidade. Assim, é possível obter mais transparência nos dados e aumentar a precisão das movimentações financeiras e das Demonstrações Contábeis que serão apresentadas ao mercado, bem como, auxilia aprimoramento dos controles internos, uma vez que são realizados procedimentos que podem detectar recomendações de melhorias. Dessa forma, o negócio cria um ambiente mais favorável para conquistar a confiança de consumidores, acionistas, credores e investidores.

Portanto, existem diversos tipos de auditoria para contribuir para a sobrevivência e a expansão dos negócios. Desse modo, é viável manter as condições competitivas para um mercado que a cada dia se torna mais acirrado. Além de credibilidade, essas inspeções são um suporte para as organizações se prepararem para o futuro. Quer saber mais? Então conheça a PGBR e seus 60 anos de expertise no tema!

54321
(0 votes. Average 0 of 5)
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *