5 razões para auditar sua empresa

By in ,
1184
5 razões para auditar sua empresa

 

Auditoria externa é um dos mais sólidos pilares da Administração Corporativa.  Com ela, é possível para fazer escolhas mais produtivas, analisar riscos e atingir o grau de excelência

Se antecipar às demandas do mercado requer que as empresas procurem aderir aos 5 “C’s” da boa gestão. Nesse sentido, o melhor caminho para completar todos os requisitos é auditar a empresa. Afinal, o objetivo da auditoria é justamente alcançar os “5 Cs” das Boas Práticas de Governança. E você? Sabe de quais “5 Cs” estamos falando? 

Para começar, os 5 Cs representam os seguintes atributos:

  1. Credibilidade;
  2. Consistência;
  3. Certificação;
  4. Competência;
  5. Comprometimento.

Dessa forma, quando você decide auditar sua empresa, obtém todas essas qualidades. Quer saber mais? Então venha com a gente!

1. Credibilidade

Nada traz maior confiança do que ter suas contas analisadas por uma empresa de auditoria externa. Isso ajuda a melhorar a reputação junto a contratantes, prestadores de serviços, governo, investidores e quadro de funcionários. Afinal de contas, com a economia instável, a boa imagem corporativa é uma grande aliada. É preciso reconhecer: credibilidade faz a diferença.

Afinal, os investidores ficam mais propícios a acreditar em seus projetos. Ao mesmo tempo, a companhia pode buscar novos mercados até mesmo fora do país. Sim, a auditoria impacta a transparência, que, por sua vez, melhora as oportunidades. Vale lembrar ainda que essas checagens incidem sobre possíveis fraudes, erros de gestão e desvios. Desse modo, auditar protege os parceiros do negócio — o que contribui para a boa reputação —, mas também beneficia a própria empresa que adere ao método.

2. Consistência

Auditar a empresa com regularidade oferece segurança para todos os números do negócio. Ou seja, a consistência é técnica. Trata-se da capacidade de absorver com precisão as mudanças legislativas, quase em tempo real. Desse modo, as companhias podem rapidamente se adequar, conforme seus próprios interesses. 

Quando não há consistência nas informações, sabemos que virão os efeitos negativos. Por exemplo: multas, interdições, proibição de negociar com órgãos públicos etc. Nesse contexto, a organização já abala o primeiro “C”, isto é, sua credibilidade.

Por outro lado, auditar deixa as condições financeiras mais esclarecidas e convincentes. Isso porque os consultores são peritos em temas fiscais e contábeis. Mas tem um segundo motivo: em uma auditora externa, não existem interesses pessoais em questão, uma vez que os profissionais são terceirizados.

Desse modo, a situação será retratada exclusivamente como é, sem que outros motivos entrem em jogo, como o desejo de uma promoção ou uma rixa entre colegas. Por essa razão, podemos dizer que auditar traz o segundo “C” para a empresa: a consistência nas informações.

3. Certificação

A autenticação das demonstrações financeiras demonstra atitude e respeito. Tal conduta é muito bem-recebida por parceiros de negócios e pelo mercado em geral, como já explicamos. No entanto, os consultores produzem também relatórios que confirmam o conteúdo das informações tornadas públicas. E ainda há mais benefícios: essa medida dá fundamentos ao planejamento das ações.

Com um controle financeiro empresarial mais confiável, o gestor consegue decidir com embasamento. Por exemplo: as condições financeiras podem determinar a suspensão de um projeto ou até mesmo sinalizar que chega a hora de expandir. Assim, o balanço patrimonial é apurado como se deve, bem como todas as operações bancárias. Esses dados influenciam positivamente a gestão estratégica, já que ficam documentados.

4. Competência

Com empresas especializadas, tem-se acesso a profissionais de ponta constantemente atualizados e com olhar crítico. Por esse motivo, essa equipe tem as qualificações necessárias para apontar lacunas e fazer correções rápidas em suas demonstrações financeiras. Além disso, os auditores emitem pareceres sugerindo mudanças. Assim, a gestão financeira ganha mais competência e profissionalismo.

Ao se decidir por auditar sua empresa, é possível recuperar impostos e contribuições por meio de uma revisão tributária, por exemplo, tudo dentro da lei. Ou seja, a auditoria bem-feita é muito saudável para o negócio. Com uma economia cada vez mais volúvel, esse investimento ajuda a manter e a expandir o desempenho.

5. Comprometimento

Mais do que prestadores de serviço, os profissionais de auditoria são verdadeiros conselheiros comprometidos com a boa gestão. Assim, eles transformam falhas em oportunidades. Mas o comprometimento entre cliente e auditor externo deve ser bilateral.  Desse modo, o contratante precisa confiar todas as informações aos auditores. Com essa transparência, é viável receber pareceres muito precisos sobre suas demonstrações financeiras. Assim, o consultor pode ser uma mão na roda para o gestor. No entanto, não se esqueça de pesquisar muito bem o histórico da prestadora desse serviço. O ideal é tratar com organizações que sejam referência em auditoria, com larga experiência com essas checagens.

Portanto, auditar a empresa faz com que ela alcance sua eficiência e que consiga tranquilidade para satisfazer os “5 Cs”. Também existem ganhos como a melhora na reputação, mais facilidade de conseguir crédito e um ambiente mais favorável para obter novos investimentos. Ficou interessado? Então saiba que existem várias modalidades de auditoria! Quer conhecer as principais? Então leia nosso artigo que conta quais são os 6 vertentes de auditorias e quais realizar!

 


54321
(0 votes. Average 0 of 5)
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *