Confira 5 mitos desvendados sobre o Outsourcing Contábil

By in
1208
Confira 5 mitos desvendados sobre o Outsourcing Contábil

Está comprovado que a terceirização é uma tendência, principalmente entre as startups. Porém, o chamado outsourcing contábil ajuda a todos os tipos de empresas.

Com esse padrão de parceria, é possível focar no core business e deixar as áreas complementares para os especialistas

Como benefício, a contratante tira de si a necessidade de recrutar e treinar os talentos. Do mesmo modo, é simples evitar os erros nas questões trabalhistas. Dessa forma, as tarefas adjacentes ganham mais qualidade por um custo menor, uma vez que não será preciso uma equipe interna volumosa para executá-las.

Um dos departamentos que se teme terceirizar é a Contabilidade ou a Controladoria. Afinal, ela é responsável por apresentar os números aos órgãos de controle.

 Porém, nesse tipo de acordo comercial, a organização tem acesso a fornecedoras especializadas em contabilidade e obrigações tributárias.

Ou seja, é mais fácil ficar em dia com a lei e aproveitar melhor benefícios como isenções e incentivos fiscais.

Afinal, a terceirização tributária e contábil ajuda a reduzir os custos, a pagar menos impostos de forma regularizada e a escolher com inteligência estratégica seus modelos de tributação.

Neste artigo, vamos desvendar 5 mitos sobre a terceirização da contabilidade. Venha com a gente e livre-se de dores de cabeça.

Confira os 5 mitos desvendados do Outsourcing Contábil

 

MITO 1 – Meu custo irá aumentar comparado a manter uma equipe interna

Esse mito é desvendado quando se conhece todos os benefícios de um Outsourcing Contábil, como a queda nas falhas e inconformidades do setor. Uma prestadora de serviços especializada e atualizada com a legislação vigente evita penalidades e multas.

Afinal, é muito frequente que nas atividades contábeis os terceirizados apresentem uma performance melhor do que os diretos. Esse rendimento maior acontece porque os profissionais de fora lidam há anos exclusivamente com esse tipo de tarefa. Além disso, por causa da cobrança do próprio mercado, o time de outsourcing recebe treinamentos frequentes.

Portanto, a contratante consegue diminuir sua equipe interna, mas obtém um controle da qualidade contábil muito mais eficiente.

Mais um benefício é reduzir a ocupação de áreas na sede da organização, já que não haverá necessidade de guardar registros em papel nem manter escritórios com estruturas complexas.

Assim, os espaços remanescentes podem ser aproveitados para projetos mais relevantes, que interfiram nas operações principais.

MITO 2 – Outsourcing e a Contabilidade Externa são serviços idênticos

O Outsourcing Contábil é a terceirização do departamento Contábil, e não deixar a contabilidade com uma empresa externa. Ou seja, a empresa contratada para terceirizar irá alocar um profissional e, principalmente, garantir a integração de informações por meio de sistemas confiáveis.

A terceirização significa contar com especialistas para atender a sua empresa, mas, sem perder o corpo do departamento dentro da organização.

Leitura complementar: 5 livros que são fundamentais para entender como a auditoria funciona.

Esse modelo de negócios foi reconhecido como eficaz nos anos 90. Dessa forma, em 1996, artigo publicado no Jornal of Business Strategy já apontava os benefícios desse tipo de parceria.

Assim, as corporações passaram a delegar para terceiros partes de sua cadeia de processos não relacionadas com o core business, isto é, com a atividade-fim da empresa.

Aos poucos, esse formato de trabalho foi avançando para temas administrativos, de limpeza, de transporte até alcançar também a contabilidade.

Hoje em dia, empresas especializadas mantêm os processos contábeis baseados em plataformas modernas e robustas. Desse modo, reduzem-se os erros de registros, as perdas de informações e a exposição indevida de dados.

MITO 3 – A empresa contratada pode não conhecer do meu negócio

Uma boa empresa de outsourcing contábil disponibiliza profissionais experientes, atualizados e que entendam de gestão. Portanto, o mito de que o contador só sabe pensar sob o prisma da contabilidade, com uma organização por trás, pode ser facilmente transposto.

Aliás, o que acontece é justamente o contrário. Os profissionais do outsourcing contábil contam com larga experiência em temas complexos, como assuntos tributários, trabalhistas e previdenciários.

Dessa forma, são peritos em contabilidade acostumados a atender aos mais diversos segmentos da economia. Vale lembrar que, além de especialistas, os colaboradores terceirizados atuam em softwares modernos. Por esse motivo, a organização que os contrata conquista mais credibilidade e precisão em suas auditorias contábeis, bem como nas demais operações desse área.

MITO 4 – Precisarei me desfazer de toda a minha equipe interna

Como falado anteriormente, não é recomendado se desfazer do departamento de contabilidade da sua organização. Assim, você pode manter o time interno, ainda que pequeno.

Esse departamento terá um ou mais profissionais terceirizados para atuar no dia a dia da empresa como suporte.

Desse modo, o time interno pode se concentrar em usar os dados contábeis para a melhoria da gestão. Portanto, em vez de apenas cumprir as obrigações legais, a empresa terá como aproveitar esses registros a seu favor de forma estratégica.

Assim, os colaboradores diretos da contabilidade podem se tornar grandes aliados dos líderes. Afinal, eles perderão menos tempo com a apuração das contas e terão mais agenda para estudar o comportamento financeiro.

Ou seja, o time interno terá condições de dar dicas para melhorar o controle de estoque, para precificar com margens de lucro mais seguras e para tomar decisões sobre novos investimentos.

MITO 5 – As informações da minha empresa estarão na mão de terceiros

Além de condições éticas inerentes e obrigatórias da profissão, hoje em dia com a tecnologia avançada, é possível que a fornecedora ofereça segurança de ponta para o sistema de informações do cliente.

Assim, serão cumpridos termos contratuais de confidencialidade e segurança da informação dentro do contrato de outsourcing contábil.

Na maioria dos casos, quando você tem empregados contratados, não há uma obrigação de sigilo por parte desses colaboradores. Dessa forma, o modelo terceirizado pode ser ainda mais protegido.

Afinal, no Business to Business existe uma formalidade maior na relação. Assim, a contratante fica mais resguardada de malweres, roubo de dados e até mesmo exposição de informações sensíveis.

Para garantir a segurança de dados sem a ajuda da terceirização, seria necessário contar com uma equipe de TI (Tecnologia da Informação) minimamente estruturada, sem falar no time de contabilidade, que também teria de ser maior sem esse apoio.

Quer saber mais sobre Outsourcing Contábil? Confira 5 dicas.

Descubra como funciona o Outsourcing Contábil da PGBR

O Outsourcing Contábil da PGBR proporciona um time prime de profissionais, com mais de 25 anos de carreira na contabilidade. Assim, são colaboradores mais do que preparados para atender a organizações de todos os portes e nichos.

Mas nossas atrações não param por aí. Dessa forma, também fornecemos um ERP contábil de altíssimo nível. Com esse programa, é possível obter proteção de dados, cumprimento de prazos, redução de erros e muita agilidade.

Outro motivo que ressalta a qualidade dos nossos serviços é a credibilidade de mais de 60 anos no setor. Quer mais razões para confiar em nossa estrutura? Saiba que a PGBR é a principal firma-membro no país da PrimeGlobal, uma das cinco maiores associações de contabilidade e auditoria independentes no mundo.

A PGBR está há 60 anos no mercado de Auditoria e Contabilidade. Com os avanços tecnológicos e a globalização das normas, conquistamos muita vivência nos mais variados tipos de negócios.

Para se ter uma ideia, já somamos mais de 6 mil projetos bem-sucedidos. Garantimos as melhores soluções disponíveis, com um atendimento personalizado e ajustado às suas demandas, sejam elas simples, sejam elas mais complexas.

Com atuação em todo território brasileiro, ajudamos as empresas a reduzir seus custos e a aproveitar melhor seu principal recurso: o tempo dos gestores! Ficou com curiosidade? Então entre em contato com a PGBR!

 
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *